Postada em 04 de Janeiro de 2017 às 10h14min

Novos deputados serão empossados amanhã

Emanuel e Zé do Pátio deixam assembleia.

Por Eduardo Gomes - Diário de Cuiabá

Eleições para prefeito em Cuiabá e Rondonópolis e mudança no secretariado do governador Pedro Taques alteram a composição da Assembleia Legislativa. Allan Kardec (PT), Daltinho de Freitas (SD) e Adriano Silva (PSB) chegam ao plenário amanhã.


Emanuel Pinheiro (PMDB) elegeu-se prefeito de Cuiabá e abriu vaga na Assembleia para o primeiro suplente da coligação PMDB/PR/PT. Sua cadeira passaria para Altir Peruzzo (PT), mas Altir venceu a eleição para prefeito em Juína e no dia 1º deste mês assumiu a prefeitura. O segundo suplente é Allan Kardec Acosta, que será empossado deputado.

Allan foi vereador por Cuiabá na legislatura anterior e não conseguiu se reeleger no ano passado, recebendo apenas 2.609 votos. Porém, ele sequer teve tempo para amargar a derrota, pois no mesmo dia foi contemplado com a vaga de deputado estadual titular.

A saída de Emanuel e a posse de Allan não altera a representação de Cuiabá na Assembleia, que tem três cadeiras sendo uma a do presidente em final de mandato Guilherme Maluf (PSDB) e outra a do tucano licenciado Wilson Santos, que ocupa o cargo de secretário de Cidades.

Zé Carlos do Pátio (SD) conquistou a prefeitura de Rondonópolis e abriu vaga ao primeiro suplente de seu partido na Assembleia, o ex-deputado Adalto de Freitas Filho, o Daltinho.
Daltinho é empresário e mora em Barra do Garças, principal cidade do Vale do Araguaia. Com sua posse enquanto titular aquela região volta a ter representante na Assembleia. Com a saída de Zé do Pátio a representação de Rondonópolis será reduzida para três deputados: Gilmar Fabris e Nininho (ambos do PSD) e Sebastião Rezende (PSC).

O suplente Adriano Silva (PSB) assume interinamente a cadeira do correligionário Max Russi que será nomeado secretário de Assistência Social do governo. Max tem domicílio eleitoral em Jaciara – no Vale do São Lourenço - município onde foi prefeito. Adriano reside em Cáceres, na fronteira com a Bolívia e foi reitor da Unemat.

Max é o único deputado eleito por Jaciara. Com Adriano a representação de Cáceres dobra em plenário. O deputado Leonardo Ribeiro Albuquerque, o Dr. Leonardo (PSD) tem base eleitoral e reside naquele município.

Ueiner Neves de Freitas é nome estranho em Várzea Grande, porque ao invés de adotá-lo o radialista e apresentador de televisão que o recebeu passou a ser chamado de Jajah Neves. É com esse apelido ou nome parlamentar que ele ocupa a cadeira de Wilson Santos, ora licenciado. Com Jajah Neves a representação de Várzea Grande sobe para duas cadeiras sendo uma a do presidente eleito da Assembleia, Eduardo Botelho (PSB).