Postada em 30 de Janeiro de 2017 às 09h55min

Alta Floresta encerra ano com mais de 450 funcionários demitidos

Outras cidades também demitiram mais

Por Só Noticias
Foto: Ilustrativa

As empresas e indústrias em Alta Floresta encerraram o ano demitindo mais funcionários. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, que acabam de ser divulgados, aponta que foram 5.016 contratações e 5.484 demissões, resultando em 468 funcionários demitidos a mais.

Além de Alta Floresta, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Lucas demitiram mais em 2016. Sinop teve saldo positivo.

A construção civil altaflorestense foi um dos principais setores responsáveis por mais demissões. Foram empregadas 245 pessoas e demitidas 505, o que resultou em 260 vagas extintas. Na indústria de transformação foram dispensados 112 a mais, saldo de 770 admissões e 882 rescisões. O comércio contratou 2.015 funcionários e mandou embora outros 2.087, encerrando o ano com 72 desempregados a mãos.

Na agropecuária também houve déficit. Foram 890 contratações e 920 demissões, o que gerou um saldo negativo de 30. No setor extrativista mineral foram extintos 11 postos de trabalho, saldo de 4 admissões e 15 rescisões. Em serviços industriais de utilidade pública foram contratados 9 trabalhadores e demitidos 17 (-8).

Só Notícias apurou que o único setor com saldo positivo foi o de serviços, que admitiu 1.083 trabalhadores e mandou embora 1.058. O setor gerou 25 postos de trabalho a mais.

Apenas em dezembro, as empresas e indústrias em Alta Floresta contrataram 318 funcionários e demitiram 390, o que resultou em 72 demitidos a mais.