Postada em 17 de Julho de 2017 às 20h25min

Prefeitura é denunciada e licitação de pipas é cancelada

O atraso agrava problemas respeiratórios

Por Clique Noticias
Foto: Reprodução da Imagem de Marcos Teixeira/TV Nativa

“Iriam começar”. Essa foi a resposta do prefeito Asiel Bezerra, do PMDB, ao ser questionado sobre o início dos trabalhos dos caminhões pipas.

A informação soa em tom de “angústia”! Principalmente para aqueles moradores que residem em vias não pavimentadas da cidade de Alta Floresta.

A licitação realizada e homologada dias atrás pelo executivo municipal que autorizaria a contratação de oito caminhões pipas para molhar ruas e avenidas de Alta Floresta, terá que ser refeita, ou pelo menos readequada, segundo admitiu o próprio chefe do executivo municipal, o Prefeito Asiel Bezerra, do PMDB.

Segundo o gestor uma denúncia emperrou novamente o início dos trabalhos. “Teve uma denúncia no tribunal de contas e o tribunal nos notificou para fazer outra licitação”.

A notícia parece não ser do conhecimento de todos os membros do mais alto escalão do executivo municipal. Antes da declaração do Prefeito Municipal, o Chefe de Gabinete, Coronel Ribeiro, chegou a confirmar em entrevista a homologação da licitação e dizer que o secretário de obras, Eloi Luiz de Almeida, estaria voltando agora à noite de Cuiabá para dar início amanhã ao cronograma.

O prefeito não escondeu o desgaste que já o atinge pelo atraso na liberação dos serviços pelo quinto ano consecutivo. Desapontado ele falou não acreditar que a correção demore menos que quinze dias.

Há rumores de uma possível manobra do executivo, por vias legais. Opositores especulam que a gestão esteja manipulando o atraso propositalmente visando economizar, já que a prefeitura atualmente encontra-se em tempos de “vacas magras”.