Clique Notícias - A Notícia em 1 Clique!

Google libera no Brasil app para pais controlarem o que crianças podem ou não fazer no celular

Aplicativo de mensagens? Proibido. Navegar no celular depois das 22h? Não pode também. Se depender do Google, os pais brasileiros conseguirão mais...

28 Mar 2018 às 11:23
G1

Aplicativo de mensagens? Proibido. Navegar no celular depois das 22h? Não pode também. Se depender do Google, os pais brasileiros conseguirão mais do que apenas tentar impor essas restrições a seus filhos. A empresa lança nesta quarta-feira (28) um aplicativo para os responsáveis por crianças controlarem o que podem ou não fazer em um smartphone que rode Android e em qual horário.

Chamado de Family Link, o aplicativo foi criado em uma parceria entre as equipes de engenheiros do Google no Brasil, que ficam em Belo Horizonte, e dos Estados Unidos, sediados na Califórnia. Em teste desde setembro de 2017 nos EUA, o app só agora começa a ser liberado para outros mercados. E a primeira parada é a América Latina.


O aplicativo, na verdade, é voltado aos pais. São eles que devem instalá-lo em seu aparelho, seja Android ou iPhone. Com ele, podem criar uma conta Google familiar, a ser configurada no celular dos filhos – por ser uma conta Google, só aparelhos do sistema Android estão dentro do raio de ação do serviço. Os pais podem por exemplo:

Aprovar ou proibir apps instalados da Google Play Store;

Limitar o horário de uso do celular e para cada aplicativo;

Monitorar o tempo gasto por aplicativo em períodos semanais e mensais.

Bloquear remotamente o dispositivo em determinada hora do dia, como a hora de dormir ou do almoço.

Na prática, o aplicativo é uma forma do Google de levar crianças e adolescentes para o universo de seus serviços. No Brasil, é preciso ter 13 anos para criar uma conta pessoal para navegar nas ferramentas da empresa. Mas essa idade muda para 18 se o intuito for ver determinados vídeos no YouTube ou usar serviços como AdSense, AdWords e Google Wallet.


26 deputados investigados em diferentes esquemas disputam eleições em MT

Dos 20 deputados estaduais que buscam a reeleição, todos já tiveram os nomes...

Vídeos [tvnativa.com.br]

Indeco doa terreno para construção de presidio em Alta Floresta

Moradores de Nova Guarita pedem reconstrução de ponte em rodovia estadual

Grave acidente na MT-208 mata motociclista

Dia do Índio: Localizador de povos indígenas fala sobre documentário

Veja mais [ver todas]

Política | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h46min

Mourão diz que só vê confronto com Venezuela se Brasil for atacado: 'Mas Maduro não é...

A última quinta-feira foi um dia movimentado para o vice-presidente, Hamilton Mourão. No Anexo II do Palácio do...

Polícia | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h42min

Vídeo: Criminoso que manteve reféns em loja fez live no Facebook

L.L.M.A, 17 anos, um dos criminosos que invadiram a loja Novo Mundo, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, e manteve...

Polícia | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h41min

Fazendeiro se entrega à polícia, confessa ter matado engenheiro e jogado arma em lata de...

O fazendeiro Paulo Faruk de Moraes se entregou à polícia, nesta quinta-feira (21), em Juara, a 690 km de Cuiabá, e...

Gerais | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h38min

Alta Floresta: Justiça Eleitoral começa instalação de equipamentos na câmara para...

A equipe técnica da Justiça Eleitoral iniciou na manhã de ontem quarta-feira (20) a instalação dos equipamentos na...

Polícia | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h37min

PRF apreende 22 quilos de maconha em ônibus que iria para Alta Floresta

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 22 quilos de maconha, nesta quarta-feira, no quilômetro 612 da BR-163, em...

Veja mais
Mais lidas
1
Fazendeiro se entrega à polícia, confessa ter matado engenheiro e jogado arma em lata de...
2
PRF apreende 22 quilos de maconha em ônibus que iria para Alta Floresta
3
Alta Floresta: Justiça Eleitoral começa instalação de equipamentos na câmara para...
4
Vídeo: Criminoso que manteve reféns em loja fez live no Facebook
5
Mourão diz que só vê confronto com Venezuela se Brasil for atacado: 'Mas Maduro não é...