Clique Notícias - A Notícia em 1 Clique!
Dólar Hoje Dólar Hoje

°

Quase 270 mil eleitores de Mato Grosso não poderão votar nas eleições deste ano

Dos 2.328,232 eleitores matogrossenses, 269.767 estão com o título cancelado ou suspenso e não poderão votar nas eleições gerais deste ano, que...

22 Mai 2018 às 10:31
Cenário MT
Reprodução/Ilustrativa

Dos 2.328,232 eleitores matogrossenses, 269.767 estão com o título cancelado ou suspenso e não poderão votar nas eleições gerais deste ano, que acontece em outubro. O cidadão que estiver com a inscrição eleitoral nessas condições só poderá regularizar a situação com a Justiça Eleitoral a partir do dia 05 de novembro deste ano, quando o cadastro nacional de eleitores será reaberto.


O número de eleitores com o título cancelado é de 246.180, enquanto o quantitativo de suspensos chega a 23.587. O cancelamento pode ocorrer por diversos motivos, entre eles: ausências às urnas por três eleições consecutivos (cada turno conta) e não ter atendido à convocação da revisão do eleitorado. Já a suspensão ocorre por decisão judicial ou no caso de eleitor conscrito – que está no serviço militar obrigatório.


Dos municípios de Mato Grosso, Cuiabá é o que registra o maior número de eleitores que não poderão votar nas eleições deste ano. Dos 439.950 eleitores da capital matogrossense, 37.729 estão com o título cancelado e 4.290 suspensos. Já em Várzea Grande, os números de títulos cancelados ou suspensos são, respectivamente, 16.516 e 2741.


Em ano de eleição, o cadastro nacional de eleitores fica fechado de 10 de maio a 04 de novembro e nesse período, não é possível fazer o alistamento (1º via do título), transferência de domicílio eleitoral, revisão e biometria.


Já a segunda via do título pode ser solicitada até 10 dias antes do pleito e a qualquer tempo, o eleitor pode requer as certidões de quitação eleitoral ou circunstanciada. A certidão de quitação pode ser obtida pela Internet (www.tre-mt.jus.br), desde que o eleitor esteja regular com a Justiça Eleitoral.


O eleitor que precisa pagar multa eleitoral poderá requer, a qualquer tempo, no cartório eleitoral onde está inscrito, a guia para pagamento. O comprovante do pagamento deve ser apresentado à Justiça Eleitoral para que a baixa seja efetuada.


Votação 2018


Nas Eleições Gerais deste ano, os eleitores elegerão o presidente e o vice-presidente da República, 27 governadores e vice-governadores de Estado e do Distrito Federal, dois terços do Senado Federal (dois senadores por Estado), deputados federais e deputados estaduais e distritais. O primeiro turno ocorrerá no dia 7 de outubro, e o segundo turno, se houver, no dia 28 do mesmo mês.

Polícia

Romoaldo: Mendes é o único que consegue agregar toda oposição

O deputado estadual Romoaldo Junior (MDB) disse acreditar que o ex-prefeito de...

Vídeos [tvnativa.com.br]

Indeco doa terreno para construção de presidio em Alta Floresta

Moradores de Nova Guarita pedem reconstrução de ponte em rodovia estadual

Grave acidente na MT-208 mata motociclista

Dia do Índio: Localizador de povos indígenas fala sobre documentário

Veja mais [ver todas]

Polícia | 28 de Maio de 2018 às 08h29min

Romoaldo: Mendes é o único que consegue agregar toda oposição

O deputado estadual Romoaldo Junior (MDB) disse acreditar que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), seja o único...

Polícia | 28 de Maio de 2018 às 08h27min

AF: mãe denuncia o próprio filho de tráfico de droga

A Polícia Militar prendeu no sábado (26), em Alta Floresta, um rapaz de 18 anos com uma quantia considerável de droga...

Gerais | 28 de Maio de 2018 às 08h26min

Sai edição extra do Diário Oficial com MPs dos caminhoneiros

O governo publicou, em edição extra do Diário Oficial da União, as três medidas provisórias (MPs), anunciadas pelo...

Gerais | 28 de Maio de 2018 às 08h25min

PRF faz escolta de dois caminhões com 94 mil litros de combustíveis para Sorriso

A Polícia Rodoviária Federal vem realizando escoltas de veículos com cargas fundamentais para manutenção dos...

Gerais | 28 de Maio de 2018 às 08h23min

Governo, universidades, escolas, prefeitura e órgãos públicos não funcionam por greve

O governo estadual, escolas estaduais e municipais, prefeitura e demais repartições públicas decretaram ponto...

Veja mais
Mais lidas