Clique Notícias - A Notícia em 1 Clique!

PRF faz escolta de dois caminhões com 94 mil litros de combustíveis para Sorriso

A Polícia Rodoviária Federal vem realizando escoltas de veículos com cargas fundamentais para manutenção dos serviços essenciais em Mato...

28 Mai 2018 às 08:26
Só Notícias
A Polícia Rodoviária Federal vem realizando escoltas de veículos com cargas fundamentais para manutenção dos serviços essenciais em Mato Grosso. Agora há pouco, os policiais rodoviários federais começaram a fazer escolta de dois caminhões com combustível com destino a Sorriso. São 94.100 mil litros que servirão para abastecer veículos de emergência das forças de segurança e que fazem serviços públicos essenciais.

Hoje de manhã, 10 caminhões-tanque foram escoltados pela PRF até Rondonópolis, carregados com gasolina e etanol que chegaram a alguns postos da cidade onde são abastecidos veículos dos serviços públicos essenciais. Pela quantidade de combustível transportado, a população também será atendida. Em Sorriso, cerca de 95% dos postos estão sem combustíveis desde sábado, assim como em Sinop onde poucos ainda comercializam apenas óleo diesel.

Neste sábado de madrugada, foi levada uma carga de 44 mil litros de combustível para aviação até o aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, para evitar que os voos fossem prejudicados durante a manifestação dos caminhoneiros, que mantém bloqueios impedindo a passagem de caminhões. Outros dois caminhões-tanque foram escoltados até o terminal, ontem à tarde. No total, a PRF escoltou cerca de 350 mil litros de combustível para aviação até o aeroporto desde a última quarta.

Na região de Diamantino, 11 carretas que transportavam ração para animais também tiveram o apoio da PRF para que chegassem aos seus destinos, evitando a morte de animais nos criadouros. Corredores para a circulação de cargas sensíveis, transporte de animais, gêneros alimentícios, equipamentos essenciais, combustíveis  estão sendo mantidos pela PRF, além de prestação de apoio aos manifestantes durante as desmobilizações no intuito de garantir a segurança de todos os usuários das rodovias federais.

26 deputados investigados em diferentes esquemas disputam eleições em MT

Dos 20 deputados estaduais que buscam a reeleição, todos já tiveram os nomes...

Vídeos [tvnativa.com.br]

Indeco doa terreno para construção de presidio em Alta Floresta

Moradores de Nova Guarita pedem reconstrução de ponte em rodovia estadual

Grave acidente na MT-208 mata motociclista

Dia do Índio: Localizador de povos indígenas fala sobre documentário

Veja mais [ver todas]

Polícia | 20 de Fevereiro de 2019 às 07h28min

Bolsonaro acena ao Congresso e ignora Bebianno em 1º evento após demissão

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deu nesta 3ª feira (19.fev.2019) sua primeira declaração pública depois da...

Polícia | 20 de Fevereiro de 2019 às 07h26min

Alta Floresta: motor de popa, roçadeira e joias estão entre produtos furtados em residência...

Um furto a residência foi registrado no início da noite de ontem, terça-feira (19), na Vila Rural 2 em Alta Floresta....

Gerais | 20 de Fevereiro de 2019 às 07h23min

Para pagar dívida de R$ 140 mi, MT deve manter escalonamento

O secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo afirmou que o pagamento dos salários dos servidores públicos do...

Gerais | 20 de Fevereiro de 2019 às 07h22min

"Esse assassino é filho do capeta; não tem coração”, desabafa pai

O empresário Joel Jesuíno da Maia, pai do engenheiro agrônomo Silas Henrique Palmieri Maia, que foi assassinado na...

Polícia | 20 de Fevereiro de 2019 às 07h20min

Força Tática prende suspeito com tabletes de maconha em Alta Floresta

O homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso, ontem, por policiais da Força Tática, com dois tabletes...

Veja mais
Mais lidas
1
"Esse assassino é filho do capeta; não tem coração”, desabafa pai
2
Alta Floresta: motor de popa, roçadeira e joias estão entre produtos furtados em residência...
3
Força Tática prende suspeito com tabletes de maconha em Alta Floresta
4
Para pagar dívida de R$ 140 mi, MT deve manter escalonamento
5
Bolsonaro acena ao Congresso e ignora Bebianno em 1º evento após demissão