Clique Notícias - A Notícia em 1 Clique!

Suplente, Brunetto apresenta PEC para tirar autonomia financeira da Unemat

O deputado Ademir Brunetto (PSB) apresentou Proposta de Emenda Constitucional (PEC), com a assinatura de 15 deputados estaduais, para revogar o...

22 Ago 2018 às 08:32
RD News
Fablicio Rodrigues

O deputado Ademir Brunetto (PSB) apresentou Proposta de Emenda Constitucional (PEC), com a assinatura de 15 deputados estaduais, para revogar o artigo 246 da Constituição Estadual que prevê os percentuais de repasse para a Unemat. O socialista justifica que a instituição aumentou consideravelmente sua arrecadação, mas  não vem cumprindo o compromisso de interiorização e expansão e a Reitoria, representada pela reitora Ana Di Renzo, sequer se propõe a debater o tema com a Assembleia. A matéria está em tramitação desde o último dia 7 de agosto.

O artigo 246 foi acrescentado à Constituição Estadual em 2013, através de PEC aprovada pelo Legislativo com aval do então governador Silval Barbosa (sem partido).  Antes, o orçamento da Unemat era vinculado à Lei Orçamentária Anual (LOA), por isso, não era impositivo e poderia ser contingenciado pelo Executivo diante de crises financeiras.  

 Desde 2013, o orçamento da Unemat representa obrigatoriamente 2% da Receita Corrente Líquida (RCL) do Estado. Além disso, a cada ano a instituição recebe uma fatia ainda maior, pois terá acréscimo anual de 0.1 pontos percentuais, alcançando 2.5% neste ano.

 Brunetto afirma que a  Unemat tinha orçamento de R$ 26 milhões em 1988. E devido a PEC aprovada em 2013, deve arrecadar R$ 345 milhões neste ano referentes aos 2,5% da RCL mais R$ 50 milhões destinados à pesquisa e extensão.

 “O problema é que a Assembleia garantiu a autonomia financeira da Unemat com o compromisso da instituição promover a expansão e interiorização. Isso não vem ocorrendo. O dinheiro destinado acabou sendo investido em planos de carreiras para os docentes que estão fazendo doutorado no exterior e os campi  não chegam em Alta Floresta, Guarantã do Norte nem aos municípios do interior que necessitam de ensino superior”, declarou Brunetto.

Segundo Brunetto, a Reitoria não se propõe sequer a discutir a função social da Unemat. Neste sentido, afirma que a PEC para revogar o artigo 246 da Constituição do Estado tem objetivo de chamar a atenção para o problema e garantir que o assunto comece a ser debatido com seriedade.

“Assumi como deputado estadual há três meses e ainda não conseguir conversar com a Reitoria da Unemat. Essa PEC é uma forma de chamar a atenção. Se a reitoria responder e assumir o compromisso de cumprir o que foi combinado em 2013, posso articular a retirada da matéria de tramitação”, completou o parlamentar.

  Brunetto era deputado estadual  quando a PEC da autonomia financeira da Unemat foi aprovada e ficou na suplência nas eleições de 2014, assumindo neste ano a vaga de Baiano Filho. A negociação em nome da instituição foi conduzida pelo ex-reitor Adriano Silval, que também assumiu cadeira na Assembleia nesta legislatura e hoje concorre a deputado federal pelo DEM.  

Barrando na comissão 

Já o deputado estadual Allan Kardec (PDT), presidente da Comissão Permanente de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto, promete  articular para que a PEC de Brunetto seja barrada na própria comissão. Avalia que a iniciativa representa retrocesso para o ensino superior mato-grossense.

“A iniciativa do deputado Ademir Brunetto é despropositada. Apesar de todas as dificuldades impostas pela conjuntura, a Unemat cresceu nos últimos anos. Além da autonomia, a instituição necessita de mais recursos do Estado e de emendas estaduais e federais. No que depender de mim, essa PEC será barrada na Comissão de Educação e nem vai ao plenário”,  prometeu.

Para ser aprovada, a PEC precisa do voto favorável de 23 dos deputados estaduais, ou seja, 16 parlamentares. Após ser apreciada em duas votações, é promulgada pelo próprio presidente da Assembleia sem necessitar de sanção do governador.

Outro Lado

A reitora Ana Di Renzo alegou que está em trânsito e, portanto, impossibilitada de se pronunciar sobre o tema. No entanto, afirmou que a assessoria de comunicação está produzindo nota explicativa que será divulgada nas próximas horas.




26 deputados investigados em diferentes esquemas disputam eleições em MT

Dos 20 deputados estaduais que buscam a reeleição, todos já tiveram os nomes...

Vídeos [tvnativa.com.br]

Indeco doa terreno para construção de presidio em Alta Floresta

Moradores de Nova Guarita pedem reconstrução de ponte em rodovia estadual

Grave acidente na MT-208 mata motociclista

Dia do Índio: Localizador de povos indígenas fala sobre documentário

Veja mais [ver todas]

Polícia | 28 de Fevereiro de 2019 às 16h01min

AF: pai é preso após ser flagrado pelo filho abusando da filha deficiente

Encontra-se preso em flagrante delito na Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Alta Floresta um homem suspeito de...

Polícia | 27 de Fevereiro de 2019 às 11h10min

Ladrão quase é linchado por populares ao roubar loja e tentar pegar moto de mulher; vídeo

Um vídeo que circula pelas redes sociais, gravado na última terça-feira (26), em Rondonópolis (215 quilômetros de...

Gerais | 27 de Fevereiro de 2019 às 11h06min

Secretaria de Educação de MT se diz contra pedido do MEC para execução de hino e leitura...

A Secretaria de Educação de Mato Grosso disse que não vai atender ao pedido do Ministério da Educação para a...

Polícia | 27 de Fevereiro de 2019 às 11h04min

Mulher é detida em Alta Floresta com 1 kg de entorpecentes

Após informações, a equipe de Moto Patrulhamento da Polícia Militar deslocou-se até a Rua H-12 no setor industrial...

Polícia | 27 de Fevereiro de 2019 às 11h04min

AF: rapaz é detido com 22 porções de substancia análoga a maconha

A guarnição da Policia Militar realizava rondas nesta segunda-feira (26) pela Rua do Araújo, quando deparou com o...

Veja mais
Mais lidas