Clique Notícias - A Notícia em 1 Clique!

Lula é condenado em ação da Lava Jato sobre sítio de Atibaia

O ex-presidente Luiz Inácio da Silva foi condenado a 12 anos e 11 meses por corrupção e lavagem de dinheiro nesta quarta-feira (6), no processo da...

06 Fev 2019 às 15:40
g1
O ex-presidente Luiz Inácio da Silva foi condenado a 12 anos e 11 meses por corrupção e lavagem de dinheiro nesta quarta-feira (6), no processo da Lava Jato que apura se ele recebeu propina por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP).

A sentença da juíza substituta Gabriela Hardt, da primeira instância, é a segunda que condena Lula na Operação Lava Jato no Paraná. Cabe recurso. Outras doze pessoas foram denunciadas no processo.

O ex-presidente está preso em Curitiba desde abril de 2018, cumprindo a pena de 12 anos e 1 mês determinada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), na primeira condenação dele na segunda instância pela Lava Jato.

A denúncia
Conforme o Ministério Público Federal (MPF), o ex-presidente Lula recebeu propina do Grupo Schain, de José Carlos Bumlai, da OAS a da Odebrecht por meio da reforma e decoração no sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), que frequentava com a família. Outras 12 pessoas foram denunciadas no processo.

A acusação trata do pagamento de propina de pelo menos R$ 128 milhões pela Odebrecht e de outros R$ 27 milhões por parte da OAS.

Para os procuradores, parte desse dinheiro foi usado para adequar o sítio às necessidades de Lula. Segundo a denúncia, as melhorias na propriedade totalizaram R$ 1,02 milhão.

O MPF afirma que a Odebrecht e a OAS custearam R$ 850 mil em reformas na propriedade. Já Bumlai fez o repasse de propina ao ex-presidente no valor de R$ 150 mil, ainda conforme o MPF.

Segundo o MPF, Lula ajudou as empreiteiras ao manter nos cargos os ex-executivos da Petrobras Renato Duque, Paulo Roberto Costa, Jorge Zelada, Nestor Cerveró e Pedro Barusco, que comandaram boa parte dos esquemas fraudulentos entre empreiteiras e a estatal, descobertos pela Lava Jato.

Outra condenação
O ex-presidente já havia sido condenado a nove anos e seis meses de prisão, na primeira instância da Lava Jato, pelos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro, em julho de 2018, no processo referente ao triplex de Guarujá (SP).

Em 24 de janeiro, por unanimidade, a 8ª Turma do TRF4 manteve a condenação e aumentou a pena de prisão do ex-presidente de 9 para 12 anos e 1 mês. Ele recorreu e, com todos os recursos esgotados, começou a cumprir a pena em abril de 2018.

Desde então, o petista está preso uma sala especial na PF, na capital paranaense.

26 deputados investigados em diferentes esquemas disputam eleições em MT

Dos 20 deputados estaduais que buscam a reeleição, todos já tiveram os nomes...

Vídeos [tvnativa.com.br]

Indeco doa terreno para construção de presidio em Alta Floresta

Moradores de Nova Guarita pedem reconstrução de ponte em rodovia estadual

Grave acidente na MT-208 mata motociclista

Dia do Índio: Localizador de povos indígenas fala sobre documentário

Veja mais [ver todas]

Política | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h46min

Mourão diz que só vê confronto com Venezuela se Brasil for atacado: 'Mas Maduro não é...

A última quinta-feira foi um dia movimentado para o vice-presidente, Hamilton Mourão. No Anexo II do Palácio do...

Polícia | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h42min

Vídeo: Criminoso que manteve reféns em loja fez live no Facebook

L.L.M.A, 17 anos, um dos criminosos que invadiram a loja Novo Mundo, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, e manteve...

Polícia | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h41min

Fazendeiro se entrega à polícia, confessa ter matado engenheiro e jogado arma em lata de...

O fazendeiro Paulo Faruk de Moraes se entregou à polícia, nesta quinta-feira (21), em Juara, a 690 km de Cuiabá, e...

Gerais | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h38min

Alta Floresta: Justiça Eleitoral começa instalação de equipamentos na câmara para...

A equipe técnica da Justiça Eleitoral iniciou na manhã de ontem quarta-feira (20) a instalação dos equipamentos na...

Polícia | 22 de Fevereiro de 2019 às 07h37min

PRF apreende 22 quilos de maconha em ônibus que iria para Alta Floresta

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 22 quilos de maconha, nesta quarta-feira, no quilômetro 612 da BR-163, em...

Veja mais
Mais lidas
1
Fazendeiro se entrega à polícia, confessa ter matado engenheiro e jogado arma em lata de...
2
PRF apreende 22 quilos de maconha em ônibus que iria para Alta Floresta
3
Alta Floresta: Justiça Eleitoral começa instalação de equipamentos na câmara para...
4
Vídeo: Criminoso que manteve reféns em loja fez live no Facebook
5
Mourão diz que só vê confronto com Venezuela se Brasil for atacado: 'Mas Maduro não é...