Clique Notícias - A Notícia em 1 Clique!

Professores e servidores se reúnem hoje (01) e greve deve ser mantida

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep) confirmou a realização de uma nova assembleia geral nesta segunda-feira (01) para avaliar...

01 Jul 2019 às 11:31
24 Horas News
Divulgação/Sintep

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep) confirmou a realização de uma nova assembleia geral nesta segunda-feira (01) para avaliar a continuidade da greve nas escolas de Mato Grosso, que começou no dia 27 de maio. Os debates e avaliações sobre o documento encaminhado pelo governo serão na escola Presidente Médici, em Cuiabá. A previsão é que movimento paredista continue no estado.


Na sexta-feira, os grevistas fizeram uma “Marcha em Defesa da Educação Pública e do direito dos trabalhadores”, percorrendo o Centro Político Administrativo (CPA), da capital, em manifesto de “repúdio à truculência do governo”, que, segundo o sindicato, “insiste em punir a luta por direitos com corte de pontos e não avança com propostas nas reivindicações fundamentais, que são o pagamento dos salários cortados e cumprimento da Lei 510/2013”.


A última reunião entre representantes do governo do Estado e do sindicato foi na quinta-feira (27), em audiência de conciliação no Tribunal de Justiça, em Cuiabá. Com a condição de que as aulas sejam retomadas na próxima terça-feira (2), o governo apresentou uma proposta para suspender o corte de ponto dos profissionais que não estão trabalhando.


Em nota, o Sintep adiantou que os profissionais da educação saíram da audiência “sem acordo para o encerramento da greve”. A avaliação do sindicato é de que a reunião teve foco apenas no corte de ponto dos grevistas, enquanto que a discussão sobre o cumprimento da lei 510 de 2013, foi “ignorada”.


“A condicionalidade do fim da greve é o cumprimento da Lei 510. O governo escolheu a lei que vai cumprir, ignorando todas as demais, inclusive a Constituição do Estado nos artigos que apontam meios para garantir os recursos. Essa é a escolha dele”, afirmou o presidente do Sintep em Mato Grosso, Valdeir Pereira.


A Lei 510 de 2013 prevê reajuste salarial de 7,69%, em 2019, e é a principal reivindicação do movimento. Os grevistas também cobram a Revisão Geral Anual (RGA), que o governador Mauro Mendes congelou por dois anos, além de melhorias na infraestrutura das escolas, chamamento dos classificados no último concurso da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), realizado em 2017, entre outras pautas.


Alta Floresta realizará a 1ª Feira de Turismo da Amazônia mato-grossense

O município de Alta Floresta se prepara para a realização da 1ª FEITAM - Feira...

Vídeos [tvnativa.com.br]

Indeco doa terreno para construção de presidio em Alta Floresta

Moradores de Nova Guarita pedem reconstrução de ponte em rodovia estadual

Grave acidente na MT-208 mata motociclista

Dia do Índio: Localizador de povos indígenas fala sobre documentário

Veja mais [ver todas]

Gerais | 01 de Julho de 2019 às 10h40min

Irmãos constroem avião artesanal com motor de Fusca em cidade de Mato Grosso

O avião artesanal foi projetado pelos irmãos Paulo Henrique Sá Ribeiro, 19 anos, e Claudemir Sá Ribeiro, 20, que...

Polícia | 01 de Julho de 2019 às 10h19min

Após queda de avião, mais de R$4 milhões são aprendidos em Alta Floresta

 Uma quantia de R$ 4,679.000,00 (quatro milhões, seiscentos e setenta e nove mil reais) foi apreendida pela Policia...

Gerais | 01 de Julho de 2019 às 10h08min

Alta Floresta realizará a 1ª Feira de Turismo da Amazônia mato-grossense

O município de Alta Floresta se prepara para a realização da 1ª FEITAM - Feira de Turismo da Amazônia mato-grossense...

Gerais | 01 de Julho de 2019 às 09h46min

Empossada nova diretoria do Sindicato Rural de Alta Floresta

Foi empossada na noite de última sexta-feira a nova diretoria do Sindicato Rural de Alta Floresta, que ficará a frente...

Gerais | 24 de Junho de 2019 às 11h33min

Menina é picada por cobra e morre após acidente a caminho do hospital

Uma menina, de 11 anos, morreu após um acidente de carro enquanto seguia para o Hospital, depois de ser picada por uma...

Veja mais
Mais lidas